top of page

11 dicas para se comunicar bem


Um rapaz falando e uma moça escutando com muito interesse, ambos estão sentados em uma sala de entrevista com móveis de madeira alegres

No mundo globalizado em que vivemos, uma das maiores preocupações que as pessoas têm é estabelecer e manter uma boa comunicação com os outros.

Comunicar-se é ser capaz de dar, receber e compreender conteúdos, por meio de fala, escrita, imagens, gestos, entre outros.  

Este trânsito deve acontecer da forma mais adequada possível para que a comunicação, de fato, aconteça.

A seguir, vou lhe passar os 11 passos para uma comunicação limpa e verdadeira, especificamente na fala.


1- Esteja inteiro na conversa e escute sem pensamentos


Muitos sentem necessidade de estar, constantemente, em conexão com várias pessoas ao mesmo tempo, acreditando estar se comunicando, mas será que isto é, efetivamente, se comunicar?


Muitas vezes, numa conversa, enquanto o outro está falando, estamos pensando em qualquer outro assunto ou até lendo mensagens no celular. 

Estamos apenas ouvindo e não escutando. 


Escutar é diferente de ouvir

Geralmente, usamos estes dois verbos como se fossem sinônimos, mas, na verdade, têm significados diferentes.


Ouvir é simplesmente deixar o ouvido exercer sua função, sem que façamos qualquer esforço, como se fosse um ato involuntário.


Uma pessoa que tem o aparelho auditivo saudável não tem nenhuma dificuldade para ouvir, mas pode ter para escutar.


Escutar é ouvir com atenção. Para escutar, é preciso ter a mente esvaziada de pensamentos. 

Para se comunicar bem, é preciso escutar as pessoas, prestando atenção ao que dizem, e não apenas ouvi-las. 


Desconsidere qualquer coisa que, por acaso, venha à sua mente, enquanto você ou a pessoa estiver falando.  


Dedique-se de corpo e alma à tarefa de escutar a pessoa. Demonstre interesse no que ela tem a dizer. Ouça com atenção, sem dar vazão aos pensamentos intrusos. 

Mantenha o foco e a concentração.


Olhe para a pessoa enquanto fala e ouve. Não fique olhando o celular ou desviando o olhar para outra direção que não seja a pessoa que está ali com você.


Pratique a escuta ativa e não apenas a audição passiva e desatenta.



 2 - Escute mais e fale menos


Existe um ditado que diz “Temos dois ouvidos e uma boca para que ouçamos mais e falemos menos”


As pessoas querem falar e ser ouvidas. Se você ficar falando sem parar, não vai poder ouvir o outro, muito menos escutar. 


Desta forma, partindo do princípio básico da comunicação, não vai haver comunicação, pois o ato de falar não está sendo comum entre as pessoas na conversa, apenas um está falando. 


Se a outra pessoa permanece muito tempo em silêncio, pode ser um sinal de que você está falando mais que ela, logo, escutando pouco. 


Portanto, silencie e abra seus ouvidos para escutar bem, sem julgar o que escutou. As pessoas se sentirão mais à vontade pra falar e, consequentemente vão passar a ouvir com atenção, ou seja, também vão escutar você.



3 - Espere sua vez de falar


“Falar é uma necessidade, escutar é uma arte” - Goethe

Outro ditado popular diz “Quando um burro fala, o outro abaixa a orelha”. Isto quer dizer que devemos saber o momento certo de falar e de calar para ouvir o outro.  


Seja paciente e só fale quando o outro terminar seu raciocínio


Cuidado para não atropelar a fala de quem quer ser ouvido e escutado. 

Se os dois falam ao mesmo tempo, ninguém vai ouvir nem entender ninguém, e um diálogo vai virar um monólogo a dois. 


A ansiedade para falar ou para que o outro pare de falar vai tornar a conversa tensa. Apenas aguarde sua vez, com paciência, evitando interromper a todo o momento, com perguntas ou comentários fora de hora.  


Isto vai criar empatia com seu interlocutor. Ele também vai deixar você falar e saber esperar a vez dele.


4 - Fale e escute com o coração sincero


Quando falar, seja sincero. Não invente histórias que não aconteceram nem diga coisas que, realmente, não quer dizer ou coisas que você acha que o outro deve ouvir. 


 De alguma forma, a pessoa vai perceber, vai sentir algo estranho na sua fala e, possivelmente, não vai se interessar no que você quer dizer. Isso vai comprometer a qualidade da conversa. 


Fale com sua mente limpa e as pessoas vão confiar em você e acreditar no que está dizendo. 


As pessoas ouvem suas palavras, quando elas vêm da sua mente sincera.


Fale palavras verdadeiras para uma comunicação verdadeira.  



5 - Escute a opinião do outro, sem insistir na sua


Nos dias de hoje, as pessoas quase não conversam mais. Elas debatem, discutem, como se estivessem num campo de guerra.


Ainda que o debate e a discussão sejam ações legítimas no âmbito da comunicação, são termos de significados completamente diferentes do conceito de conversa. 


Originárias do latim, debatiere (bater, lutar) e discutiere (quebrar, cortar) trazem a ideia negativa de brigar e destruir. 


As pessoas, como são autocentradas, vivem no mundo de suas próprias mentes e só acreditam nelas mesmas, ignorando os outros. 


Entram num confronto de ideias e opiniões, e o que pretendia ser um diálogo passa a ser um duelo no qual um quer vencer o outro, num clima de competição. 


Também oriundo do latim, o verbo conversar, originalmente significa conviver com alguém. 


O prefixo cum (junto) e a raiz verso (voltar ou direcionar para algum lado) formam esta palavra que denota a ação de desfrutar do convívio, compartilhar experiências e não simplesmente falar com alguém.


Então conversar é voltar-se para o outro, em vez de para si próprio, direcionando toda nossa atenção.  


Queremos, portanto, conversar, nos comunicar.  

Não queremos brigar.  Para se comunicar bem, não precisa bater nem lutar. 


Não se vanglorie nem fique contando vantagens. Fale sem ter orgulho de si próprio ou do que fez. 

Não se esforce para defender sua opinião, como se ela fosse melhor que a do outro e, por isso, merece mais crédito. 


Não fale com a intenção de que a pessoa passe a concordar com você.  


Dê sua opinião, escute a do outro e aceite, respeitando a diversidade de posições. Não precisa concordar ou discordar, apenas aceite sem julgamento


Consequentemente, a outra pessoa ouve com confiança e aceita a sua opinião.



6 - Escute qualquer tipo de pessoa, sem discriminar


A palavra comunicação tem sua origem na língua latina (communicatio) e pode ser traduzida literalmente como tornar comum.


A comunicação pode ser entendida como algo que extrapola o individual, ou seja, que envolve dois ou mais indivíduos, tornando-se um ato coletivo.


Atribui-se ao verbo comunicar (derivado do latim communis) o significado de repartir, dividir, distribuir. 

Comunicar significa fazer com que algo seja compartilhado por algumas pessoas ou pelo público em geral, no qual existem todos os tipos de pessoas


As pessoas são diferentes, têm pensamentos, sentimentos e comportamentos diferentes. A sabedoria está em aceitar estas diferenças, sem fazer juízo de valor.


Não discrimine, escolhendo com quem quer se comunicar.


Uma vez que comunicar é tornar comum, se você ficar selecionando este ou aquele tipo de pessoa, não vai conseguir se comunicar bem com ninguém.


O que você tem a dizer não vai ser conhecido por todos, ou seja, não será comum, portanto, não será comunicado. 


Manter uma boa comunicação com qualquer tipo de pessoa, sem discriminar este ou aquele, revela que você é um bom comunicador. 


Abra espaço na sua mente para que seja capaz de escutar todas as pessoas que quiserem conversar com você.



7 - Fale naturalmente, sem esforço


Fale de forma simples, de maneira que as pessoas entendam, sem ser preciso que você tenha que ficar explicando o que disse, tornando a conversa ineficaz e cansativa.


Fale palavras verdadeiras para que as pessoas tenham confiança em você.


Não precisa usar um vocabulário rebuscado nem expressões desconhecidas só para impressionar as pessoas. Isso pode parecer pedante e gerar antipatia. 


Seja humilde. A humildade é uma virtude.


Deixe seu coração falar e tocar o coração das pessoas.



8 - Fale sem expectativas


Aceite o que vier do outro. Não espere uma determinada reação a algo que você tenha dito. 

Da mesma forma que não deve julgar, também não espere qualquer julgamento, comentário  ou elogio.


Receba com a mesma tranquilidade um elogio ou uma crítica. Com uma mente limpa e livre de preconceitos, você será bem ouvido.


Expectativa não atendida gera frustração. Cuide para que a conversa seja proveitosa e tenha um resultado positivo. 


Para se comunicar de maneira eficaz, é preciso ouvir, com atenção, o que as pessoas dizem, sem fazer julgamentos ou classificar como certo ou errado o que elas estão dizendo.



9 - Seja discreto e evite fazer muitas perguntas


Uma conversa consiste em afirmações, declarações, perguntas e respostas. 

É normal ficar curioso sobre a vida da pessoa com a qual falamos. 


Na ânsia de saber mais, ficamos ansiosos para descobrir coisas que os outros não sabem e disparamos a perguntar, às vezes, de forma até bem invasiva.


Esta atitude abre um precedente para que ela também faça perguntas, cujas respostas você não quer expor. 


Deixe a pessoa à vontade para falar o que quiser, sem que você direcione o que quer ouvir


Não seja indiscreto. Não cause constrangimento. 


Faça apenas as perguntas necessárias e pertinentes para manter a conversa numa condição favorável a todos os envolvidos.


Quando chegar sua vez de falar, ela vai respeitar sua privacidade porque você já o fez, respeitando a dela. 


Ao responder, faça-o com delicadeza.


Não dê respostas evasivas. Responda, pura e simplesmente, o que foi perguntado. 



10 -  Esteja relaxado, ao falar com alguém


O corpo manifesta uma linguagem silenciosa quando entramos em contato com outras pessoas.

A expressão facial e corporal são muito importantes para uma boa comunicação, bem como o estado físico e mental. 


Se, por algum motivo, houver ruídos na comunicação, isto é, se o receptor não entender a mensagem, então não haverá comunicação.


Ruídos da comunicação, especificamente na fala, podem ser diferenças de linguagem, erros de gramática, dicção, tom de voz, desconhecimento do assunto, excesso de gestos e trejeitos etc. 

Tais ruídos podem gerar mal-entendidos e comprometer a comunicação em si.


Mantenha-se tranquilo, com a respiração regular, e transmita calma à pessoa que estiver ouvindo. 

Fale pausadamente, num volume e tom de voz agradável ao ouvido, usando também uma entonação adequada.


Se você demonstrar tensão, ansiedade ou nervosismo, muito provavelmente não terá a atenção pretendida e ainda corre o risco de passar seu nervosismo para a pessoa, o que vai prejudicar a interação. 


Crie um ambiente favorável à conversa, mantendo corpo e mente em equilíbrio e proporcionando o mesmo ao outro.



11- Mantenha a mente limpa e tranquila para se comunicar melhor


Todos os dez itens anteriores podem ser realizados com facilidade, se for adotada a prática regular da limpeza da mente. 


Meditar é limpar a mente. A meditação proporciona benefícios, já comprovados, à saúde como um todo. 


Além de melhorar o sistema imunológico, a qualidade do sono, também  melhora a cognição, a capacidade de concentração e foco, aspectos necessários a uma boa comunicação.


A prática regular da meditação vai elevar o nível de qualidade na comunicação, pois a ampliação da consciência vai lhe dar condições para se comunicar bem.


Com a mente mais limpa, mais livre e verdadeira, você vai conseguir seu objetivo na hora de se comunicar.


Vai falar com fluência e saber exatamente o que dizer e como dizer, além de escutar o outro da maneira apropriada para que a comunicação se realize de forma certeira.


Aqueles que conseguem se comunicar são mais bem sucedidos em tudo o que fazem, em qualquer área da vida. 


Conheça um método que pode ajudar a se comunicar tão bem que fará você se tornar um excelente comunicador, em qualquer contexto.


A Meditação São Paulo é o lugar certo para você ir, se quiser limpar sua mente a ponto de obter ótimos resultados nos seus projetos, pela facilidade e excelência na comunicação.


Clique aqui para se comunicar com nossos orientadores e ficar sabendo como praticar a meditação que vai ajudar a realizar seus objetivos, por meio da correta, assertiva e verdadeira comunicação.









94 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page