top of page

Qual é o verdadeiro sentido da vida, afinal?


Sol nascente bem brilhante atrás de montanhas
Qual é o verdadeiro sentido da vida, afinal? Meditação São Paulo


Quem nunca se perguntou qual é a razão de nascermos, vivermos uma vida cheia de percalços, vitórias, dificuldades, sucessos, aprendizados, ganhos e perdas, para no final de tudo, morrermos com a sensação de que faltou alguma coisa?


Muitos, algum dia, já refletiram sobre isso, enquanto tentaram levar suas vidas da forma como acreditam que devem ser vividas, porém sem nunca estarem satisfeitos.


O verdadeiro sentido da vida é se tornar uma pessoa verdadeira e viver uma vida verdadeira. Para isso, a nossa mente deve estar limpa, sem o acúmulo de coisas que carregamos ao longo dos anos que vivemos.


Com esta limpeza, só a Verdade vai permanecer. É como se nascêssemos de novo e, então, este renascimento, a partir da Verdade, vai nos permitir a viver a verdadeira vida.


Como e onde as pessoas estão procurando o sentido para suas vidas


“A Revista Veja publicou, em setembro de 1999, o resultado de uma pesquisa americana, na qual se perguntava ‘Se você estivesse na presença de Deus e pudesse lhe fazer apenas uma pergunta, o que indagaria?’ Quarenta e seis por cento dos entrevistados responderam que perguntariam qual é o sentido da vida”.¹


O que viemos de fato fazer neste mundo? Qual é a coisa mais importante que tem para acontecer na vida? Por que a vida precisa ter um sentido? Quando este momento vai chegar?


Estas são algumas das perguntas que as pessoas fazem, por não se contentarem com o ciclo repetitivo dos seres humanos:  nascer, crescer, viver, envelhecer, adoecer e morrer.


Esta busca desesperada se dá de várias formas. Há os que se inserem em religiões, procurando seguir os dogmas de cada igreja; os que saem perguntando a padres, pastores, profetas; estudam filosofia, teologia, leem livros de autoajuda, leem a Bíblia, consultam tarólogos, astrólogos para que façam seu mapa astral.


Os psicólogos afirmam que para que a pessoa encontre um sentido na vida precisa antes formar seu ego.


Muitos se envolvem em projetos e causas sociais e praticam a caridade. 


Enquanto outros procuram seguir o conselho contido na expressão criada pelo poeta cubano José Marti: para que a vida de uma pessoa tenha sentido: “Há três coisas que um homem deve fazer na sua vida: plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro".²


À luz do espiritismo, estamos aqui como parte do nosso processo de aprendizagem, de evolução e voltaremos várias vezes à vida humana para termos experiências e aprendermos com elas. 


Já os biólogos defendem que nascemos para a preservação da espécie humana, garantir a continuação da humanidade.


Autores de livros de autoajuda acham que o real sentido da vida é cada um viver o seu propósito pessoal.


Cansados desta procura, os inconformados continuam angustiados por se sentirem vazios, incompletos, sem respostas.  


Vivem suas vidas de forma cansativa, sofrendo todo o peso de suas experiências negativas, carregando a carga de uma vida de ilusão.


Acumulam riquezas, bens materiais, lutam por status social, brigam por seus ideais, desejam obter vantagens nas situações, numa competição exacerbada, colecionando inimizades e desavenças, arruinando relacionamentos, e acabam morrendo, após uma vida sem vida.


O que é preciso para encontrar o verdadeiro sentido da vida?


Para encontrar o verdadeiro sentido da vida, precisamos, em primeiro lugar, limpar a mente. A prática da meditação é a chave para esta limpeza. 


Tudo que vivenciamos, desde que nascemos, fica armazenado em nosso cérebro, nosso corpo, nossa mente, por meio dos cinco sentidos (visão, olfato, audição, paladar, tato).


Estes registros permanecem em nós e, acreditando que são verdades, passamos a segui-los.


Reagimos às inúmeras situações, em todas as áreas da vida, seja no âmbito familiar, profissional, social ou financeiro, baseados nos sentimentos, emoções, pensamentos e sensações que armazenamos durante nossa existência.


Este acúmulo, que podemos chamar de “lixo mental”, é exatamente o que causa todo tipo de sofrimento: doenças do corpo e da mente, estresse, ansiedade, transtornos, síndromes diversas, depressão, tristeza, desesperança, uma série de condições que nos fazem sentir um robô sem vida.


O método de meditação do descarte nos permite trocar toda esta mente humana pela mente do Universo, a mente da Verdade, nos tornando completos.


Ao limparmos a mente, antes carregada do peso da vida ilusória, na qual temos apenas recursos para viver, nos tornamos pessoas mais sábias, de mente aberta, com capacidade de aceitação, sem sofrimento. Este peso é o que bloqueia uma vida plena de felicidade.


É como se tivéssemos uma venda nos olhos, nos impedindo de enxergar que existe sim uma outra vida para viver, bem diferente desta que vivemos.


Podemos estar sempre no presente, no chamado aqui e agora, sem reviver as dores do passado, que não existe, ou se preocupar com o futuro, que ainda não chegou.


Somos capazes de realizar tudo o que for preciso, com foco no que realmente importa, sem nos distrairmos com o superficial.


Ao nos libertarmos de uma mente estreita e autocentrada, com sentimentos de inveja, ciúme, críticas, discernindo o que é certo ou errado, pelo nosso ponto de vista, ganhamos a iluminação e nos tornamos pessoas verdadeiras, com mentes verdadeiras, vivendo a verdadeira vida.


“Minha vida mudou completamente, depois que comecei a praticar o método da Meditação São Paulo. Hoje sinto que renasci, saí de uma vida de ilusão para viver uma nova vida, uma vida verdadeira. 
Sou mais saudável, mais feliz e pronta para aceitar e vivenciar os desafios que hão de vir, sem o sofrimento anterior. Eu recomendo esta meditação para a humanidade” - Isolda Marinho, praticante da Meditação São Paulo, desde 2015.

Viemos a este mundo para nos tornarmos um com o Universo, sair da ilusão e viver a verdadeira vida.


A vida ideal, onde todos são irmãos de uma grande e única família, convivendo em paz e amor, sem guerras ou competições.


Se você, como tantas outras pessoas, também ainda está procurando o verdadeiro sentido da vida, venha conhecer a Meditação São Paulo. Fale com um de nossos instrutores de meditação, de forma gratuita aqui: https://www.meditacaosaopaulo.org/sessao-introdutoria





 













89 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page